São Marcos

São Marcos

Leandro, Andresa, Luís Felipe e Manuela.

 

A agricultura orgânica tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil e no mundo, assim como esses produtos têm ganhado a mesa dos consumidores, que estão descobrindo os benefícios de se consumir produtos livres de agrotóxicos. Desde os 13 anos trabalhando com a produção agrícola, o agricultor Leandro Guzzon, 45 anos, decidiu apostar nessa ideia em 2010, iniciando a reconversão de seus vinhedos. “Em parceria com a vinícola, começamos com uma pequena área de 0,93 hectares de Bordô. Aos poucos fomos evoluindo, buscando conhecimento e nos sentindo seguros. Em 2014 transformamos toda a área”, conta o viticultor da Linha Zambicari, em São Marcos (RS).
Com a ajuda da esposa, Andresa, 40 anos, e do filho, Luís Felipe, 17 anos, Leandro mantém a produção orgânica em dois hectares, sendo 1,8 hectares de Isabel precoce, que já está em produção; três hectares de Bordô, também em produção; 0,8 hectare de BRS Carmem, em início de produção; 0,4 hectare de Niagara, em início de produção; e 1,2 hectare de BRS Carmem, que foi implantada neste ano. A produção obtida atualmente é comercializada com a Vinícola Sinuelo e com a certificadora Ecocert.
Leandro conta que não foi fácil tomar a decisão de fazer a reconversão, todavia, fez em nome da liberdade e do amor em trabalhar com a terra. “Hoje sei que posso usufruí-la sem causar impacto ambiental. Tenho certeza de que se meus filhos permanecerem na agricultura irão encontrar um meio ambiente bem mais equilibrado do que quando comecei”, ressalta o agricultor que está sempre em busca de qualificação e de melhorias para a propriedade e que tem o sonho de construir uma agroindústria familiar para elaborar vinhos orgânicos.