Safra da uva começa em Caxias do Sul com estimativa de 50 mil toneladas

A safra da uva começou em Caxias do Sul com estimativa de 50 mil toneladas. Variedades como Vênus e Niágara já estão sendo colhidas nas localidades de Linha Sebastopol e Vila Cristina. O clima seco e o calor favorecem o processo de maturação das uvas. Conforme dados da última safra, Caxias do Sul é o 4º município que mais produz a fruta, com 3,8 mil hectares de área plantada. A colheita deve seguir até 15 de março de 2019.

Flavio Hillebrand, engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), explica o motivo de algumas uvas estarem sendo colhidas precocemente. “O inverno não foi muito rigoroso, mas foi constante. Isso favorece para a videira brotar mais rápido. A tendência é ter uma safra boa”, salientou. A Vênus geralmente é colhida antes, possui sabor aframboesado e seu ciclo de brotação é de 131 dias. Já a Niágara tem coloração esverdeada e aroma adocicado. Resiste ao inverno rigoroso, característico da região serrana, com ciclo de aproximadamente 135 dias.

Renato Antônio Pezzi, 66 anos, mora em Nova Palmira, Vila Cristina, e possui quatro hectares de parreiras com variedades como Bordô, Niágara Branca e Rosada. Pezzi ressaltou a sua expectativa para essa safra. “Esperamos 40 toneladas de uva. O clima nos ajudou bastante. Elas vieram muito carregadas, com cachos bem graúdos e fechados”, resumiu.

Renato Antônio Pezzi, de Nova Palmira, em Vila Cristina.

Segundo o titular do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caxias do Sul, Rudimar Menegotto, a qualidade das uvas está boa. “Vamos ter uma safra de boa qualidade. Houve algumas perdas em função do granizo e de doenças, por isso a quantidade será menor, cerca de 10% a menos”, apontou. As próximas variedades a serem colhidas são Isabel, Bordô e Cabernet Sauvignon, entre os meses de janeiro e fevereiro. Colheita deve seguir até 15 de março de 2019

Fonte: Prefeitura de Caxias do Sul

Fotos: Ruan Alves